quinta-feira, 10 de junho de 2010

Resultados do Proeb 2009 - Uberaba - Regional

Resultados do Proeb 2009 mostram avanços no desempenho dos alunos da Regional de Uberaba 

Os resultados do Proeb 2009, aplicado em novembro do ano passado, demonstram que, em relação à avaliação de 2008, a Superintendência Regional de Ensino (SRE) de Uberaba registrou crescimento da proficiência média dos estudantes do 5º e 9º anos. No 5º ano, a proficiência em Português passou de 211,9 em 2008 para 219,9 em 2009, já em Matemática foi de 226,4 para 231,1. No 9º ano, em Língua Portuguesa a proficiência média passou de 250,6 para 252,8 em 2009 e em Matemática de 259,5 para 264 no ano passado. 

A tendência na SRE de Uberaba vem sendo de crescimento desde 2007, exceto no Ensino Médio, que se mantém estável em todo o Estado. O resultado da proficiência média para estudantes do 3º ano no Proeb foi de 275,8 e, Português e 287,8 em Matemática. Para a superintendente regional de ensino de Uberaba, Vânia Célia Ferreira, o crescimento é fruto de um esforço coletivo para melhoria da educação na região. "Esse crescimento é uma coisa real. Tivemos um crescimento na participação, estamos trabalhando com as secretarias municipais e os pais também estão mais interessados pelo exame", explica Vânia. Em termos de participação, a SRE melhorou seus índices e chegou aos 88% no 5º ano, quase 87% no 9º e alcançou até 82% no 3º ano do ensino médio. 

Para garantir o crescimento no desempenho dos alunos, a Superintendência de Uberaba aposta no plano pedagógico a partir dos resultados. Segundo Vânia Ferreira, com o resultado em mãos, agora é hora de desenhar um roteiro da educação que permita mais avanços. Uma das preocupações da SRE é fazer com que as escolas compreendam bem o resultado do Proeb e consigam aplicá-lo de forma eficiente em novas ações para a educação. "Com os dados da regional e das escolas em mãos chamamos todos os diretores, os especialistas e discutimos os números. O importante é que cada escola entenda o seu resultado. Assim é possível apontar onde a escola precisa melhorar e de que forma", analisa Vânia. 

Resultado global de Minas 

No 5º ano, a proficiência média estadual passou de 218,2 para 226,2 em Matemática e de 204,8 para 213,9 em Língua Portuguesa. O 9º ano apresentou aumento de 255,8 para 261,4 em Matemática e de 250,2 para 252,1 em Língua Portuguesa. O desempenho dos alunos no 3º ano do ensino médio manteve-se praticamente estável, passando de 282,2 para 284 em Matemática e de 274 para 274,2 em Língua Portuguesa. Os resultados são utilizados como ferramenta pedagógica em todas as escolas estaduais. Diretores de escolas e pais de alunos podem consultar o resultado pelo site do Caed, no seguinte link: http://www.simave.caedufjf.net/simave/

De acordo com a secretária de Estado de Educação, Vanessa Guimarães Pinto, nenhum Estado do Brasil tem a capacidade de ter um retrato do sistema educacional como Minas Gerais. "Sabemos exatamente como está o desempenho dos alunos em todas as regiões, em todos os municípios e em todas as escolas. Por isso podemos observar, por exemplo, o crescimento em regiões onde historicamente os alunos apresentavam baixo desempenho", explica a secretária.  

O Proeb é realizado pelo Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação (Caed) da Universidade Federal de Juiz de Fora. É uma avaliação externa universal, aplicada em todas as escolas públicas de Minas Gerais, urbanas e rurais, para todos os alunos dos 5º e 9º anos do ensino fundamental e 3º ano do ensino médio nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática. Os resultados são utilizados como ferramenta pedagógica em todas as escolas estaduais. 

Simave 

O Proeb integra o Sistema Mineiro de Avaliação da Educação Pública (Simave), da Secretaria de Estado de Educação (SEE), responsável pelas avaliações de desempenho em larga escala na rede pública de ensino de Minas Gerais.  A metodologia utilizada permite comparações com o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb), avaliação amostral, e com a Prova Brasil, ambas promovidas pelo MEC. Para subsidiar as políticas de intervenção pedagógicas, o Proeb passou a ser anual a partir de 2006. A informação é produzida para o conjunto de alunos de cada unidade escolar. Os resultados do Proeb focalizam a escola e fornecem informações para cada unidade de ensino que recebe um boletim com a análise pedagógica dos seus resultados, auxiliando os gestores escolares na construção do seu plano pedagógico. 

Mutirão de ações resulta em sucesso de escola de Araxá 

Para promover a formação de alunos com senso crítico é necessário investir no aprendizado. Partindo dessa ideia, a Escola Estadual Dom José Gaspar, em Araxá, Triângulo Mineiro, desenvolve e participa de vários projetos com o objetivo de favorecer o acesso ao conhecimento de seus mais de 1700 alunos do Ensino Médio. As medidas adotadas pela escola já apresentam bons resultados. No Programa de Avaliação da Rede Pública de Educação Básica (Proeb 2009), os alunos obtiveram um dos melhores desempenhos do Estado nas disciplinas de Língua Portuguesa, com proficiência de 309,58 e Matemática, com proficiência de 342,8. 

"Nós preparamos nossos alunos, desde o primeiro ano, para participarem das avaliações do Simave. Eles fazem simulados todos os bimestres baseados nessas avaliações. Nós também estimulamos nossos alunos a participarem da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep) e da Olimpíada de Língua Portuguesa", explica Sônia Aparecida Martins, coordenadora pedagógica. 

A escola faz parte de vários projetos da Secretaria de Estado de Educação (SEE). Um deles é o 'Aprofundamento de Estudos', no qual o aluno tem uma ênfase no estudo de disciplinas com a qual mais se identifica. O Plantão Pedagógico de Matemática, Física, Sociologia, Filosofia e Biologia também colabora para o aprendizado. 

A infra-estrutura é outro fator que contribui para o desenvolvimento do aluno. Os ensinamentos não se limitam às salas de aula. A escola possui três laboratórios, sendo dois de Química e um de Biologia. A sala de informática, com 21 computadores, auxilia os estudantes em suas pesquisas. As atividades físicas são realizadas em quadra coberta e com arquibancada. 

Preocupados em manter os avanços no ensino, os professores investem na capacitação. A escola possui dois Grupos de Desenvolvimento Profissional (GDPs). As atividades desses grupos se concentram em duas áreas: preservação ambiental e oficinas de aprendizagem. "Aqui na escola, todo projeto de formação de professores é aplicado nas salas de aula", explica a coordenadora pedagógica. 

Escola Estadual Dom José Gaspar

Município: Araxá

SRE Uberaba

Proeb 2009

3º ano Ensino Médio – Língua Portuguesa: 309,58 (proficiência).

Telefone: (34) 3661-4550

Endereço: Rua Abdanur Elias, 100 – São Pedro.

Fonte: Sônia Aparecida Martins, coordenadora pedagógica

 Agência Minas


--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa | www.coletivodeimprensa.jor.br