quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Denúncia leva vereadores à ETE

Os vereadores Professor Godoy e João Gilberto Ripposati estiveram na manhã de ontem visitando a ETE - Estação de Tratamento de Esgoto de Uberaba. A visita foi motivada em função de denúncias  de populares recebidas pelos parlamentares. 

Pelo teor das denúncias, a ETE não estaria cumprindo o anunciado tratamento de 74% do esgoto da cidade. Na visita surpresa, os vereadores constaram que o tratamento com capacidade de 470 litros por segundo, está atualmente operando com apenas 130 litros por segundo. Dos servidores da ETE, os parlamentares ouviram que a unidade está sob reparos e que deverá atingir o seu ponto máximo dentro de 30 dias. 

Os principais problemas apontados são os danos causados pela infiltração de material químico e a fluidez do esgoto que chega com muita areia e água. Também foram constatados problemas relacionados à jardinagem e segurança para visitação pública, principalmente para escolas. Ao que indicaram os servidores, a visitação está suspensa até a colocação de alambrados. 
 
Os parlamentares apontam como solução uma série de medidas, entre elas a revisão do processo de tratamento, sobretudo nos distritos industriais, a execução total do projeto Água Viva, principalmente no que se refere à construção dos interceptores canalizando todo o esgoto para a ETE e a recomposição das matas ciliares. "A visita de fato comprovou que a ETE tem problemas e que agora poderão ser cobrados por nós vereadores. 

Vale ressaltar que a participação popular, seja através de denúncias ou a simples busca de informações, faz parte do exercício da cidadania", comentou o professor Godoy. Para o vereador Ripposati a questão é muito séria e complexa e precisa ser analisada com todos os cuidados. "O que a comunidade quer e espera é que efetivamente funcione o tratamento de esgoto em Uberaba e para isso as adequações apontadas são fundamentais", finalizou Ripposati.   Os vereadores vão voltar è ETE em fevereiro para uma nova avaliação.
--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura