quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Fazu: parceria inédita em pesquisa de melhoramento genético de ovinos

O curso de Zootecnia da Fazu fechou uma parceria inédita, em atividade zootécnica de produção de animais de porte médio. O proprietário da Fazenda Rondon, em Itararé (SP), criador de ovinos e caprinos, Edo Osvaldo Mallmann trouxe para a Fazu, exemplares de ovinos de três raças diferentes para desenvolver uma linha de pesquisa na fazenda-escola da faculdade. A professora Sarita Gallo, responsável pelo setor de ovinocultura e caprinocultura da Fazu, e o coordenador do curso Alexandre Bizinoto, receberam os representantes da fazenda e os animais, no setor de produção animal.

O objetivo da pesquisa  é fazer um cruzamento entre três raças (Pull Dorset, Texel e Santa Inês) para resultar em animais com produção de carne de mais qualidade. Edo afirma que a parceria com a Fazu será por tempo indeterminado, pois existem boas expectativas de se conseguirem bons resultados com os trabalhos desenvolvidos durante os estudos.


Segundo Alexandre Bizinoto, serão desenvolvidas linhas de pesquisas diversificadas com a finalidade de avaliar as interações entre o animal e o ambiente (capacidade de adaptação, conforto térmico, comportamento, estratégias de manejo e de alimentação entre outras características). Também poderão ser avaliadas interações entre os efeitos encontrados e a qualidade da carcaça e da carne produzida.


Para ele, uma outra avaliação a ser desenvolvida dentro da Fazu será a de identificar um cruzamento capaz de garantir produtividade, baixo custo e qualidade de carne. "Isso para se definir um padrão de cortes ideal ao consumidor mais exigente, dando ao segmento o conceito de produto de qualidade encontrado em regiões brasileiras e países habituados ao consumo da carne ovina", explica. 


O criador Edo ressalta a importância da Fazu neste processo, porque é a primeira instituição de ensino superior a desenvolver pesquisa científica como essa, aprimorando a qualidade genética dos animais e proporcionar conhecimento aos universitários.


A parceria é muito importante também para os alunos do curso de Zootecnia, pois eles poderão atuar em diversos projetos de iniciação científica e ou extensão, estágios, monitorias. Dessa forma, eles podem aprimorar a experiência acadêmica vivenciando, na prática, os conteúdos teóricos.

 

Monica Cussi
Assessoria de Comunicação
FAZU 

--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura