segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Ripposati reafirma defesa contra poluição causada pela Satipel

Foto Divulgação
Ripposati caminha pelos bairros próximos à Satipel com o subsecretário do Meio Ambiente, Ilmar Batos, que sentiu in loco os transtornos vivenciados pelos moradores   
 
O presidente da Comissão Permanente de Meio Ambiente do Legislativo, vereador João Gilberto Ripposati (PSDB) atendeu convite da diretoria da Satipel S/A, após a fusão com a Duratex, para reunião que tratou sobre as reclamações de moradores de bairros próximos à indústria, quanto à poluição causada por emissão de fuligem, e a poluição sonora provocada por máquina de descascar madeira, que tem incomodado uma população de aproximadamente 60 mil pessoas.

Alguns habitantes do bairro Pontal, por exemplo, estavam decididos a ajuizar ação na Justiça. Entretanto, Ripposati interveio com o objetivo de buscar o diálogo com os representantes da indústria. Tanto o promotor do Meio Ambiente, Carlos Valera, como o prefeito Anderson Adauto se envolveram pedindo providências imediatas à indústria, que recebeu um prazo de 20 dias para pelo menos minimizar os transtornos enfrentados por quem mora nas imediações.


Sensibilizado com o quadro, o subsecretário de Estado do Meio Ambiente, Ilmar Bastos Santos, também se comprometeu com Ripposati de fortalecer a sua defesa para garantir aos moradores melhoria da qualidade de vida deles enviando à cidade técnicos da Fundação do Meio Ambiente (Feam).


Na reunião com a nova diretoria, que prometeu buscar meios de eliminar a poluição, Ripposati foi enfático ao afirmar que continuará o trabalho para defender os interesses dos moradores, Destacou que não quer prejudicar a indústria, apenas que ela respeite as pessoas que residem nos bairros adjacentes buscando tecnologias e saídas para solucionar o problema o quanto antes.
 
Rose Dutra
Assessoria de Comunicação
--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura